Here's a great tip:
Digite seu endereço de e-mail e lhe enviaremos nossa revista semanal com conteúdo novo, interessante e reflexivo que irá enriquecer sua caixa de entrada e sua vida, semana após semana. E é gratuito.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Impresso de pt.chabad.org
Entre em contato

Qual é a Idade do Mundo?

Qual é a Idade do Mundo?

 E-mail

Um dos mais antigos pomos da discórdia entre cientistas (leia-se: a cultura ocidental) e rabinos consiste na discussão sobre a idade do universo em que vivemos. Pedras, mares, florestas, continentes. Nem plásticas nem bisturis foram utilizados para maquiar os efeitos do tempo. Enquanto as rugas não aparecem no rosto desta biodiversidade surpreendente, sua idade permanece sendo fruto de muita especulação.
Onde as contas entram em conflito?

Imaginemos um encontro entre Michelangelo — um dos maiores artistas que o mundo já conheceu — e um bem sucedido empresário no campo da informática. Passado o choque da primeira impressão (Michelangelo espanta-se com um misterioso aparelhinho preto que não pára de tocar no bolso do empresário), começam a falar de negócios. Os tempos mudaram, mas as obras primas, diz Michelangelo, têm valor vitalício.

E então, ambos observam uma bela gravura, na qual a clássica casinha de telhado vermelho é rodeada por vastos campos verdes, sob um céu límpido e um sol brilhante. Como estamos na era do "fast.....", discutem o tempo mínimo necessário para reproduzir a mesma imagem. "Um artista ligeiro, de boa mão, consegue fazê-lo em três horas" — diz Michelangelo. Nosso companheiro do século XXI discorda — é capaz de repetir a gravura em 10 segundos!

E você, o que acha?

Bem, quando começamos a raciocinar, calculamos o tempo para fazer o esboço, misturar as tintas, preencher a pintura e ainda dar um toque final. Dez segundos parecem um prazo ridículo!

Mas não é, pois trata-se do tempo da impressão a laser... Desenhar pode ser um trabalho um tanto demorado, mas imprimir ou carimbar são métodos instantâneos, suficientes para resultar numa imagem pronta.

Ao tratar da idade do universo, naturalmente pensamos em termos de evolução. Partículas que se unem, formando uma substância que se agrupa, transformando-se em elementos naturais, e assim por diante... Mas o mundo foi criado de um momento para o outro. Bastou uma palavra de D'us para que surgisse uma montanha. Sem começo, meio e fim. Como uma impressora de alta resolução, as maravilhosas paisagens do universo surgiram num piscar de olhos. A antiga discórdia nunca existiu. Tanto rabinos quanto cientistas estão certos.

Como?

Certa vez, dois judeu visitaram um rabino com um dilema. Cada qual dizia que o outro lhe devia 100 rublos. O primeiro defendeu-se, e trouxe todas as provas para inocentar-se, e ainda lucrar com a história. Depois de refletir, o rabino expôs sua opinião:

"É, você está com a razão!".

"Mas como?"- gritou o outro — "Eu lhe emprestei dinheiro, esperei tanto tempo pela devolução, e nunca recebi o empréstimo de volta, e.....".

Depois de ouvir uma série de desculpas, o rabino exclamou:

"O senhor tem razão!".

Um dos presentes na discussão não conteve a curiosidade, e, perplexo, perguntou ao rabino:

"Rebe, como é possível? O senhor disse que os dois lados opostos estão corretos!".

O Rebe pensou um pouco, e replicou:

"Pois é, meu caro. Você também tem razão!".

É claro que para o mundo formar-se por si mesmo, bilhões de anos seriam um prazo razoável. Se pensarmos nas densas florestas, enfeitadas por plantas de todo tipo e cor, na diversidade de animais, grandes e pequenos, com estampas que nenhum designer é capaz de inventar... O olho humano! De quanto tempo precisariam as milhares de partículas para se combinaram de maneira tão exata, capaz de captar a infinidade de cores e formas?

Os rabinos concordam: se formado por um processo de evolução, o mundo teria bilhões de anos. Não há o que discutir, pois a Torá trata de um método totalmente diferente, instantâneo. Como Michelangelo e o empresário: fala-se de dois diferentes processos. O primeiro requer tempo e preparo. O segundo aparece de um momento para o outro.

Adam, o primeiro homem, é transferido para um laboratório, imediatamente após sua criação. Todos os médicos concordam: tanto em sua aparência física, quanto na análise das células, este homem existe há pelo menos vinte anos. Mas na realidade, Adam surgiu há dez minutos!

Quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha?

(Dica: Nossas mentes funcionam no modo "evolução" — algo surge de outro algo. Tente convertê-la para o modo "criação".)

E então, já matou a charada?

© Direitos Autorais, todos os direitos reservados. Se você gostou desse artigo, encorajamos você a distribuí-lo, desde que concorde com a política de copyright de Chabad.org.
 E-mail
Participe da discussão
1000 Caracteres restantes
Envie-me e-mail quando novos comentários forem postados.
Ordenar por:
Discussão (10)
1 Setembro, 2016
... bem o dizem as Escrituras:

"Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta o conhecimento aumenta a tristeza." Cohelet 1:18

Belíssimo artigo postado.
Bem-haja.
João
Angola
1 Setembro, 2016
De facto, a mudança do modo de funcionamento da mente faz toda a diferença. O "modo evolutivo" implica a racionalização sistemática (daí que para justificar a "evolução" é preciso o apoio de muitas ciências: paleontologia, botânica, genética, física, química, etc.), ao passo que o "modo criacional" não implica directamente a razão mas sim a fé (não precisamos compreender racionalmente nada; basta crer).

Os "evolutivos" (ou racionalistas), possuindo uma grande quantidade de conhecimento, tornam-se profundos ignorantes relativamente as potências/forças/virtudes do coração/consciência/alma.
Por outro lado, os criacionistas (os possuidores da fé), ignorando a "mecânica racionalista", tornam-se profundamente sensíveis as potências/forças/virtudes do coração/consciência/alma.
Não nos admiremos, portanto, pelo facto de uma criança ser mais virtuosa que um adulto! Pois este, com o grande conhecimento que tem, dificilmente supera a pureza daquele que ignora a "mecânica racional"...
João
Angola
18 Agosto, 2015
Se eu fosse uma pessoa com grau de estudo primário nunca entenderia a sua resposta deverá explicar maneiras clara para qualquer nível de pessoa entender. Há dois mil anos atrás se falava por parábolas; estamos século xxI
Sugestão
SANDRA
30 Dezembro, 2014
Fico grato por ter o Eterno criado um Povo "Israel" diferenciado das nações; Louvado seja o Criador.
Anônimo
17 Outubro, 2014
qual é a idade do mundo ?
Os cientistas procuram uma explicação ''óbvia'' para a criação , Como por exemplo questões que levam ao ponto ''Quem criou D-us '' . Nós entendemos que D-us é eterno (sempre existiu ) , más se desejam uma resposta ''óbvia'' a resposta seria :
Se pudessemos explicar quem criou D-us logo ele não seria D-us , pois foi criado por algúem .
Gedaías
são paulo
8 Outubro, 2014
O tempo
O texto está muito bom, mas há algo que devemos levar em consideração a questão se o mundo foi criado num instante ou levou milhares de anos não faz diferença porque nós humanos que estamos presos ao tempo. O tempo é importante pra gente porque nascemos e logo sabemos que nossa passagem pela terra é curta. Diferente do Criador. Qual a diferença entre um dia para o Eterno e mil anos? Nenhuma porque ele é dono do passado, presente e futuro.
Mario
16 Agosto, 2013
O cientista adota a teoria da evolução porque está preso numa filosofia naturalista: que tudo o que acontece vem por meios naturais, assim só por meio de uma lenta evolução esse mundo poderia vir a existir.

Entretanto a Palavra de Deus afirma que Ele criou o mundo de forma sobrenatural. Os seis dias da Criação são seis dias milagrosos.

Daí vem a diferença, que só poderá ser reconciliada quando os cientistas voltarem a reconhecer que existem eventos sobrenaturais. O naturalismo deles é uma prisão mental os impedindo de reconhecerem a verdade.

Daí vemos a tolice dos que perguntam: como a luz foi criada antes do sol? como o homem foi criado do barro, como a mulher foi criada da costela, etc etc. Como? Deus é todo-poderoso, esse é o 'como'.
Marcos Lopes
Rio de Janeiro
12 Outubro, 2012
Qual é a Idade do Mundo?
É Lógico que só há evolução se houver a criação primeiro. Algo só evolui se existir; a evolução é a continuação da criação. Sem a criação somente há o nada, e o nada não evolui.
Com o coração plugado ao CRIADOR (bendito seja o nome dele) existe resposta para tudo.
Sidney
Ilhéus, Brasil - BA
4 Julho, 2012
A idade do mundo
Amei o texto!
Maristela Alvarez
Cachoeiras de Macau, Rio de Janeiro
13 Agosto, 2010
Qual é a idade do mundo ?
Muito boa ilustração! Mesmo não sendo Judeu achei interessante a forma de pensar.
Anônimo
Aracruz, ES/Brasil
beitmenachem.com.br