Here's a great tip:
Enter your email address and we'll send you our weekly magazine by email with fresh, exciting and thoughtful content that will enrich your inbox and your life, week after week. And it's free.
Oh, and don't forget to like our facebook page too!
Impresso de pt.chabad.org
Entre em contato
Visit us on Facebook

Preparando-se para Mashiach

Preparando-se para Mashiach

E-mail

Qual é a Crença Judaica Sobre o Final dos Dias?

O termo “Final dos Dias” é extraído de Bamidbar 24:4. Isso sempre foi usado com uma referência à Era Messiânica e portanto exploraremos, embora de maneira breve, a crença judaica na vinda do Mashiach.

O que significa a palavra Mashiach

Mashiach é a palavra hebraica para Messias. Messias significa um salvador ou “esperado como libertador”. Na verdade, a palavra Mashiach em hebraico significa “ungido”. Em hebraico bíblico o título Mashiach era concedido a alguém que atingisse uma posição de nobreza e importância. Por exemplo, o Sumo Sacerdote é mencionado como o Cohen Hamashiach.

Na literatura talmúdica o título Mashiach, ou Melech Hamashiach (o Rei Messias) está reservado para o líder judaico que redimirá Israel no Final dos Dias.

Em que consiste a crença no Mashiach?

Um dos princípios da fé judaica enumerados por Maimônides é que um dia surgirá um líder judeu dinâmico, um descendente direto da dinastia do Rei David, que reconstruirá o Templo em Jerusalém e reunirá judeus de todas as partes do mundo, levando-os de volta à Terra de Israel. Todas as nações do mundo reconhecerão Mashiach como líder mundial e aceitarão seu domínio. Na Era Messiânica haverá paz no mundo, sem guerras e fome, e em geral, com um alto padrão de vida.

Toda a humanidade adorará um único D’us e terá um modo de vida mais espiritual e moral. A nação judaica estará ocupada com o estudo de Torá e no entendimento de seus segredos.

A vinda de Mashiach completará o propósito de D’us na criação. O homem construirá uma morada para D’us nos mundos inferiores revelando a espiritualidade inerente no mundo material.

Isso não é um sonho utópico?

Não. O Judaísmo crê ardentemente que, com a correta liderança, a humanidade pode mudar, e mudará. A qualidade liderante de Mashiach significa que por meio de sua personalidade dinâmica e seu exemplo, aliados a uma humildade manifesta, ele inspirará todas as pessoas a lutarem pelo bem. Ele transformará um sonho aparentemente utópico numa realidade. Ele será reconhecido como um homem de D’us com qualidades de liderança maiores até que as de Moshê.

Na sociedade atual muitas pessoas estão desoladas com a falência dos padrões morais e éticos. A vida não tem valor, o crime é comum, o abuso de drogas e do álcool está aumentando, os jovens perderam o respeito pelos mais velhos. Ao mesmo tempo, a tecnologia avançou em saltos gigantescos. Não há dúvida de que hoje, se corretamente canalizados, o homem tem todos os recursos necessários para criar um bom padrão de vida para toda a humanidade. Ele carece apenas de vontade social e política. Mashiach irá inspirar todos os homens a atingirem aquela meta.

Por que a crença num Mashiach humano?

Algumas pessoas acreditam que o mundo “evoluirá” por si mesmo numa Era Messiânica sem um líder humano. O Judaísmo rejeita esta crença. A história humana sempre foi dominada por construtores de impérios sedentos pelo poder.

Outros acreditam no Armagedon – que o mundo se auto-destruirá, seja por guerra nuclear ou pelo terrorismo. O Judaísmo também rejeita esta opinião.

Nossos profetas falam sobre o advento de um líder humano, cuja magnitude o mundo ainda não viu. Seu exemplo e liderança ímpares vão inspirar a humanidade a mudar de direção.

Onde o Mashiach é mencionado nas Escrituras?

As Escrituras estão repletas de citações messiânicas. Em Devarim 30:1 Moshê profetiza que, depois de os judeus terem sido espalhados aos quatro cantos da terra, virá um tempo no qual eles se arrependerão e voltarão a Israel, onde cumprirão todos os mandamentos da Torá. O profeta gentio Bilam profetiza que este retorno será liderado pelo Mashiach (Bamidbar 24:17-20). Yaacov refere-se a Mashiach pelo nome Shilo (Bereshit 49:10).

Os profetas Yeshayáhu, Yirmiyáhu, Yechezkel, Amos, Yoel e Hosea todos se referem à Era Messiânica. Para referências completas o leitor pode consultar o livro Mashiach, por Rabi Dr. I. Schochet. É interessante notar que na parede do edifício das Nações Unidas em Nova York está inscrita uma citação de Yeshayáhu (cap. 11:6): “E o lobo deitará com o cordeiro.” Além disso, está claro pelos profetas, quando estudados no original hebraico, que Mashiach é um conceito judaico e acarretará um retorno à Lei da Torá, dominando firmemente qualquer “outra” crença messiânica.

Que tipo de líder será Mashiach?

Mashiach será um homem que possui qualidades extraordinárias. Será proficiente tanto nas tradições escritas quanto nas orais da Torá. Lutará incessantemente pela observância da Torá entre os judeus e pela observância das Sete Leis Noahidas entre os não-judeus. Ele será escrupulosamente observante e encorajará outros a atingirem os mais altos padrões. Defenderá princípios religiosos e reparará as brechas em seu cumprimento. Acima de tudo, Mashiach será considerado um verdadeiro Rei, uma pessoa que lidera o caminho no serviço a D’us, totalmente humilde e inspirador.

Quando Mashiach virá?

Os judeus antecipam a chegada do Mashiach todos os dias. Nossas preces estão repletas de pedidos a D’us para introduzir a Era Messiânica. Até nos portões das câmaras de gás muitos judeus cantaram “Ani Maamin” – Creio na vinda do Mashiach!

No entanto, o Talmud declara que há um tempo predestinado para Mashiach vir. Se formos merecedores, ele pode vir até antes do predestinado. Este “final dos tempos” permanece um mistério, porém o Talmud declara que será antes do ano hebraico 6.000.(Estamos no ano judaico de 5767). Isso não afasta a possibilidade de Mashiach chegar hoje e agora, se merecermos. Deve-se notar que muitas autoridades de Torá são da opinião de que estamos na “época do Mashiach” e o Rebe declarou em diversas ocasiões que a Redenção da Era Messiânica está iminente.

Mashiach poderia chegar a qualquer hora em qualquer geração?

Sim, Em toda geração há uma pessoa que potencialmente poderia ser o Mashiach. Quando D’us decidir que chegou a época, Ele concederá sobre aquele indivíduo os poderes necessários para que ele precipite a Redenção.

Qualquer Mashiach em potencial deverá ser um descendente direto do Rei David, bem como erudito de Torá. Deve ser notado que muitas pessoas que vivem atualmente podem ter sua linhagem traçada até o Rei David. O Rabino Chefe de Praga no século 16, Rabi Yehuda Loew (o Maharal), tinha uma árvore genealógica remontando à dinastia davídica. Portanto, qualquer descendente direto do Maharal é de ascendência davídica.

Maimônides, um notável filósofo e codificador do Século 12, decreta que se reconhecermos um ser humano que possui as qualidades excepcionais atribuídas a Mashiach, podemos presumir que ele é o potencial Mashiach. Se este indivíduo realmente conseguir reconstruir o Templo e reunir todos os exilados, então ele é o Mashiach.

O que acontecerá exatamente quando Mashiach vier?

Maimônides declara em sua obra Mishnê Torá – um compêndio de toda a tradição haláchica – que Mashiach primeiro reconstruirá o Templo e então reunirá os exilados. Jerusalém e o Templo serão o foco da adoração Divina e “De Tzion brotará a Torá, e a palavra do Eterno de Jerusalém.”

O Sanhedrin – o supremo tribunal judaico com 71 Sábios – será estabelecido e decidirá sobre todos os assuntos da lei. Nessa época todos os judeus voltarão à completa observância e prática de Torá. Deve-se notar que nesta época atual de grande assimilação e emancipação, um retorno sem precedentes de judeus aos verdadeiros valores de Torá tem ocorrido. Este fenômeno de “baal teshuvá” está aumentando e abre caminho para um completo retorno na Era Messiânica.

Haverá milagres?

O Talmud discute esta questão e novamente chega à conclusão de que, se tivermos merecimento, a Redenção Messiânica será acompanhada por milagres. No entanto, a realização do sonho messiânico, mesmo que ocorra naturalmente, será o maior milagre.

Segundo algumas tradições, o próprio D’us reconstruirá o Terceiro Templo. De acordo com outras, será reconstruído por Mashiach, ao passo que outros sugerem uma combinação das duas opiniões. Alguns sugerem que haverá dois períodos distintos na Era Messiânica: a primeira, um período não-miraculoso, que levará a um segundo período repleto de milagres.

Maimônides escreve: “Nem a ordem da ocorrência desses eventos nem seus detalhes exatos estão entre os princípios fundamentais da fé… deve-se esperar e acreditar na concepção geral do assunto.”

O que será feito do mundo como o conhecemos?

Inicialmente, não haverá mudança na ordem do mundo, exceto sua prontidão em aceitar o governo messiânico. Todas as nações do mundo se esforçarão para criar uma nova ordem mundial, na qual não haverá mais guerras ou conflitos. Inveja, ódio, ganância e discórdia política (do tipo negativo) desaparecerá e todos os seres humanos lutarão apenas pelo bem, pela bondade e pela paz.

Na Era Messiânica haverá grandes avanços na tecnologia, permitindo um alto padrão de vida. A comida será farta e custará pouco.

No entanto, o foco da aspiração humana será a busca do “conhecimento de D’us”. As pessoas se tornarão menos materialistas e mais espirituais.

O que precede a chegada de Mashiach?

O Talmud descreve o período imediatamente anterior ao advento de Mashiach como uma época de grande conflito. Haverá uma recessão mundial e os governos serão controlados por déspotas. Será nessa situação problemática que se dará a vinda de Mashiach.

Há uma tradição de que ocorrerá uma grande guerra, chamada a guerra de Gog e Magog, e há muita especulação sobre a hora exata desta guerra em relação à chegada de Mashiach.

Há uma tradição de que o Profeta Eliyáhu virá ao mundo anunciar a chegada iminente do Mashiach. No entanto, segundo outras opiniões, Mashiach pode chegar sem ser anunciado. Eliyáhu viria então para ajudar no processo de paz. Alguns sugerem que se Mashiach chegar em seu tempo predestinado, então Eliyáhu anunciará sua chegada, mas se Mashiach vier de repente, então Eliyáhu aparecerá depois que Mashiach vier.

Como foi mencionado antes, não está claro quando exatamente estes eventos ocorrerão. No entanto, esta incerteza não afeta o tema geral da chegada de Mashiach.

Quando ocorrerá a ressurreição dos mortos?

Um dos princípios da fé judaica é a crença na ressurreição dos mortos. Segundo o Zôhar – um antigo texto cabalista – a ressurreição ocorrerá quarenta anos após a chegada de Mashiach. No entanto, determinados indivíduos justos se erguerão com a vinda de Mashiach. Todos os mortos ressuscitarão na Terra de Israel.

Há um pequeno osso no corpo chamado osso Luz (alguns o identificam como o cóccix), a partir do qual o corpo será reconstruído no tempo da ressurreição. Nossas preces diárias estão repletas de pedidos pela ressurreição e há muitos costumes conectados com isso.

O que pode ser feito para trazer Mashiach?

Em geral, a humanidade deve esforçar-se para realizar mais atos de bondade. O judeu está obrigado a estudar e estar consciente da Redenção messiânica, e a fortalecer sua fé na suprema e iminente chegada do Mashiach.

A caridade é um catalisador para a Redenção, e todos os dias em nossas preces nós imploramos muitas vezes pela reconstrução de Jerusalém, pela reunião de todos os exilados e pelo retorno da observância da Torá sob a liderança do Mashiach. O Rebe montou uma campanha de alcance mundial para aumentar a conscientização sobre a iminente chegada de Mashiach. O Rebe conclamava cada judeu e preparar-se, a preparar sua família e comunidade para a sua chegada. Isso pode ser conseguido melhor através de “vivendo com Mashiach”, ou seja, praticando atos de bondade, estudando sobre Mashiach e ansiando pela sua vinda.

© Copyright, all rights reserved. If you enjoyed this article, we encourage you to distribute it further, provided that you comply with Chabad.org's copyright policy.
E-mail
1000 Caracteres restantes
Envie-me e-mail quando novos comentários forem postados.
Sort By:
Discussão (3)
15 Março, 2013
Preparando-se para Mashiach
É uma observação que nos causa alegria, se possível voltar esse assunto mais vezes preciso crescer mais para que entenda isso me deu muita luz. Muito bom.
José Baz Campos
Campinas, SP-Brasil
28 Julho, 2012
interesante
Muito bom; espero mais postagens.
Mauricio Rufino de Araujo
Maceió, AL/Brasil
6 Agosto, 2011
Vinda do Mashiach
Esse tema e sempre muito importante,eu espero ansiosamente por esse grande evento.Mesmo depois das rezas tradicionais eu clamo a Hakadosh BarucHu pela vinda do Mashiach,porque é muito importante para mim para que eu possa ter vida e vida em abundância.
Yehoshua Sade
Quiryat Arba, Hebron/Israel
DESTAQUE EM PT.CHABAD.ORG