Impresso de pt.chabad.org

Como Agradar Seu Chefe

Como Agradar Seu Chefe

Por Deby Stiefelmann - Lubavitch Copacabana

E-mail

Conta-se que certa vez o dono de uma empresa, ao escolher seu sucessor, fez algo inusitado: juntou todos os jovens executivos da firma e entregou uma semente para cada um. "Dentro de um ano apresentem seus resultados,” disse ele. “Assim será escolhido o meu sucessor."

Jaques, um dos executivos, plantou a sua semente e regou-a todos os dias. Conforme as semanas passavam, ele ouvia os colegas conversando animadamente sobre as suas respectivas plantas. Porém, apesar da sua boa vontade e dos seus cuidados, sua semente não germinava.

Em seis meses, todos os outros já exibiam fotos das suas plantas e árvores; Jaques se sentia fracassado. Ele sabia que de algum modo, havia matado sua semente e tudo o que fazia era regar e tentar fertilizar o solo. Ele desejava tanto que sua semente crescesse!

Completado um ano, todos os executivos trouxeram suas plantas perante o patrão para o grande julgamento. Jaques preferiu não comparecer à reunião, pois estava profundamente envergonhado de levar um vaso vazio; porém sua esposa o incentivou e pediu a ele que fosse honesto quanto ao que havia acontecido - ou melhor, quanto ao que deixou de acontecer!

Muito frustrado, Jaques chegou à reunião, onde avistou árvores e plantas de todos os tamanhos, formatos e cores. Sentou-se no fundo da sala, ao som dos risos e das piadinhas de seus colegas.

"Hoje escolherei quem será meu sucessor!" - exclamou o patrão, ao entrar na sala. Em seguida passou a avaliar o resultado de cada um de seus executivos quando de repente percebeu lá no fundo da sala Jaques e seu vaso vazio. "Venha aqui na frente!" - ordenou. Jaques, humilhado, levantou-se, certo de que estava a um passo de ser demitido.

Para espanto geral, o dono da empresa anunciou: "Com vocês, meu sucessor - Jaques!”. Ninguém podia acreditar. Afinal, Jaques era um fracasso! Como podia ser o escolhido?

O chefe explicou: "Há um ano, dei a cada um de vocês uma semente para ser plantada, regada e trazida de volta hoje. Porém, sem ninguém saber, as sementes que lhes dei eram sementes cozidas, mortas. Era impossível que elas germinassem. Todos vocês, com a exceção de Jaques, me trouxeram lindas plantas. Quando perceberam que suas sementes não cresciam, vocês as trocaram por outras. Jaques foi corajoso, honesto e íntegro; foi o único que trouxe de volta um vaso com a semente original. Portanto, ele é o meu sucessor!"

Na vida, devemos seguir o caminho designado por D’us para cada um de nós. Mas D’us não necessariamente quer as nossas plantas; Ele espera ver o que conseguimos fazer com as sementes que Ele nos dá.Temos ideias pré-concebidas do que significa sucesso. Porém, D’us mede nossas realizações de um modo diferente. Ele deseja ver se estamos nos desenvolvendo e usando todo o nosso potencial; se estamos crescendo até onde Ele sabe que nós podemos chegar.

© Copyright, all rights reserved. If you enjoyed this article, we encourage you to distribute it further, provided that you comply with Chabad.org's copyright policy.
E-mail
1000 Caracteres restantes
Envie-me e-mail quando novos comentários forem postados.
Sort By:
Discussão (2)
30 Julho, 2013
Eu adorei essa história profissional.
Andressa
Guarulhos, SP/Brasil
30 Agosto, 2012
Como agradar seu patrão
Ótimo artigo! Parabéns Deby!
Anônimo
RJ, RJ/Brasil
DESTAQUE EM PT.CHABAD.ORG