Impresso de pt.chabad.org

Salmo 143

Salmo 143

E-mail
  1. Um salmo de David. Ó Eterno, ouve minha oração e atende a minha súplica; em Tua retidão, responde-me com Tua justiça.
  2. Contra Teu servo não ponderes em julgamento, pois criatura não há que diante de Ti se justifique.
  3. O inimigo perseguiu minha alma, prostrou por terra minha vida, fez-me habitar nas trevas como se fora um morto.
  4. Desfaleceu meu espírito e desolou-se meu coração.
  5. Relembrei dias passados, ponderei sobre Teus feitos, sobre a obra de Tua Criação falei.
  6. Estendi para Ti minhas mãos, pois como terra seca tem sede de Ti minha alma.
  7. Apressa-Te em responder-me, ó Eterno, pois a fenecer está meu espírito; não ocultes de mim Tua face, para que não me sinta como alguém que já desceu à sepultura.
  8. Faze-me sentir Tua bondade com a aurora, pois em Ti depositei toda a minha confiança. Mostra-me o caminho que devo trilhar, pois a Ti elevei minha alma.
  9. Resgata-me dos inimigos, pois Tu és meu abrigo.
  10. Ensina-me a cumprir Tua vontade, pois és meu Deus. Que Teu espírito de bondade me conduza por caminhos planos.
  11. Por Teu Nome faze-me viver; por Tua justiça resgata da angústia minha alma;
  12. e por Tua misericórdia abate meus inimigos e destrói os que atribulam minha alma, pois Teu servo eu sou.



© Copyright, all rights reserved. If you enjoyed this article, we encourage you to distribute it further, provided that you comply with Chabad.org's copyright policy.
E-mail
1000 Caracteres restantes
Envie-me e-mail quando novos comentários forem postados.
DESTAQUE EM PT.CHABAD.ORG